Biofármaco Obtido Através do Extrato do Fruto da Espécie Ouratea fieldingiana (Gardner) Engl. (Batip

Carlos Daniel Marcelino da Silva - Taciana Rafael Nunes

General

18173

Divulgación Científica

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de um extrato com consistência pastosa, obtido dos frutos da espécie Ouratea fieldingiana (Gardner) Engl., conhecida popularmente nas regiões do Ceará por batiputá. Os frutos desta espécie que foram usados para a produção da pasta foram coletados nos tabuleiros litorâneos que compreendem o município de Beberibe, região leste do estado do Ceará. O extrato-pasta foi analisado químicamente e biologicamente, através de uma prospecção fitoquímica e consequentemente a verificação do potencial farmacológico, através de vários experimentos realizados. Os problemas submetidos à ação do produto, como queimaduras, micoses, gastrites e ferimentos cutâneos, passaram por um rigor científico e metodológico. Todos os procedimentos clínicos realizados seguiam uma ordem cronológica de quinze dias de tratamentos diários, onde se analisavam o antes; o durante e o após. As análises de prospecção fitoquímica confirmaram serem a amostra possuidora de taninos, fenóis, alcalóides, tripterpenos e flavonóides. Revelou negativa ser para saponinas, antocianinas e antocianidinas. Quanto à análise de toxicidade frente à Artêmia salina, a pasta revelou possuir uma leve toxicidade. Todos os tratamentos submetidos à ação do produto apresentaram respostas positivas, o que se conclui que o extrato-pasta pode ser um auxiliador nos processos de cicatrização e nos tratamentos de micoses, gastrites, dentre outros, e que pode ser usado como um fitoterápico, comprovando assim os relatos etnobotânico referidos à espécie batiputá. Palavras-chave: Batiputá. Plantas medicinais. Farmacologia. Ouratea fieldingiana (Gardner)

Participantes

CARLOS DANIEL MARCELINO DA SILVA

TACIANE RAFAEL NUNES

Mardônio Júnior de Souza

Escuela

Escola Estadual de Educação Profissional Pedro de Queiroz Lima

Brasil-Ceará-Beberibe