Seaweed band-aid: curativo adesivo biodegradável à base de algas marinhas (Gracilaria sp) e açafrão

Jovens Cientistas de Corpo e Alga

General

18167

Divulgación Científica

O uso excessivo de plásticos tem se agravado cada vez mais. Preocupados com isso, pensamos em desenvolver algo que pudesse solucionar ou amenizar este problema. Sendo assim, a partir de pesquisas bibliográficas, foi possível descobrir que as algas marinhas (Gracilaria sp) e o açafrão (Curcuma longa) possuem nutrientes capazes de ajudar nesse processo. Diante disso, foi desenvolvido um plástico e um bad-aid biodegradável à base das algas marinhas (Gracilaria sp) e do açafrão (Curcuma longa). Realizamos os seguintes testes: produção do band-aid, teste de pH, teste de biodegradação e análise microscópica. E obtivemos os seguintes resultados: o band-aid produzido a partir das algas marinhas (Gracilaria sp) mostrou resultados positivos por ser ecologicamente correto. O pH do band-aid apresentou-se neutro. O teste de biodegradação foi bastante positivo, pois o band-aid se degradou em apenas sete dias. Na análise microscópica pode-se observar uma grande quantidade de fibras, o que o torna bastante resistente e flexível. Diante disso, concluímos que o projeto é bastante relevante, por possuir um caráter ecologicamente correto e eficaz. PALAVRAS-CHAVE: BIODEGRADAÇÃO, BAND-AID, ALGAS MARINHAS, AÇAFRÃO.

Participantes

ANTÔNIO LHUAN LIMA DE OLIVEIRA

VIVIAN KELOY LOPES DA ROCHA

Jemima Silvestre da Silva

Escuela

Escola Estadual Rui Babosa

Brasil-Rio Grande do Norte-Tibau