Identidade negra: Estudo de caso sobre reconstrução da formação plurietnico e pluricultura da comuni

Negras em ação

General

12610

Divulgación Científica

O reconhecimento de uma comunidade enquanto pertencente a este grupo particular, passa pelo resgate de sua história, cultura e dos aspectos que identificam. O objetivo do estudo é identificar os valores históricos da formação da comunidade, a fim de encontrar elementos que permitam a reconstrução da identidade. Especificamente queremos identificar a história, cultura, religiosidade e suas variantes linguísticas; Compreender o processo de reconhecimento dos sujeitos enquanto comunidade remanescente de Quilombos, trazendo a educação como meio de construção. Levantamos a seguinte problematização: porque a população residente na comunidade de Bastiões em Iracema/CE não aceita a identidade quilombola?Fazemos essa busca através de pesquisa bibliográfica, documental e etnográfica, com abordagem descritiva e exploratória de caráter qualitativo. Partimos da observação in loco, por meio de visitas domiciliares para poder estabelecer um diálogo mais estreito com a comunidade, aplicamos entrevistas, utilizando formulário de pesquisa aplicados com pessoas idosas e dos estudantes de ensino médio da Escola EEM D. Joaquim de Figueiredo Correia. Os principais autores que fundamentam esta pesquisa são: MELLO (2003), FLORENTINO E AMANTINO (2012).Os motivos para tal comportamento pode estáassociados à forma como os alunos passam pelo processo de formação na escola, como também a aspectos de interesses sobre a questão da terra.

Participantes

LEYLLA ESTER TAVARES NOGUEIRA

BEATRIZ FERREIRA FERNANDES

Escuela

EEM Deputado Joaquim De Figueiredo Correia

BRASIL-Ceará-Iracema